Os aspectos psicológicos inerentes da dor

Psicologia
09. maio .2017

Os aspectos psicológicos inerentes da dor

A dor é um quadro físico que tende a acarretar em sofrimento psicológico, de acordo com a psicóloga Adriane Garcia Salik. Quando falamos em dor, ela estará extremamente relacionada com impacto psicológico. “Dentro de um ponto de vista interdisciplinar, é importante considerar que todo quadro de dor pode ter implicações psicológicas e que toda implicação psicológica pode favorecer um quadro de dor.”

A dor precisa ser acolhida principalmente por um serviço especializado, pois pode estar associada a questões também de ordem psíquica, sendo favorável uma avaliação também do psicólogo. Para a especialista, existem programas de tratamento focados no aspecto psicológico para serem trabalhados com a questão da dor. Um dos casos mais famosos é do médico oncologista americano Carl Simonton e de sua esposa psicóloga Stephanie Simonton que, em 1969, começaram a integrar conhecimentos da medicina com a psicologia. Desde então fizeram um levantamento de várias técnicas que são utilizadas ainda hoje, como biofeedback, psicologia de motivação, formas de terapia de grupo, meditação, processos de visualizações, e ainda montaram um programa intensivo com um número fixo de sessões. “É um trabalho que utiliza imagens psicológicas relacionadas ao câncer e que tem como objetivo favorecer na questão da dor do paciente, uma vez que todo o processo físico provoca imagens psíquicas. Muitos trabalhos relacionados com a dor servem para trabalhar esse processo de ressignificação das imagens”, afirma Adriane.

Estudos já comprovaram que toda mudança no estado fisiológico é acompanhada por uma alteração no estado emocional ou mental, e vice-versa, no entanto, também existem alguns transtornos psiquiátricos que também podem favorecer o processo ou aumento da dor, como os transtornos ansiosos e depressivos. “Temos conhecimento que alguns transtornos psiquiátricos podem ser comorbidades para o aumento de dor. Quando se trata de  dor é fundamental um diagnóstico interdisciplinar para possibilitar mais conforto para a vida dos pacientes”, finaliza.

Valencis Curitiba Hospice - Todos os direitos reservados ©2018